Liberdade pra quê?

segunda-feira, 7 abril at 4:38 pm 4 comentários

Eles estão brabinhos. É, no mínimo, irônico ver uma indústria que lucra em cima do adoecimento da população fazer um protesto “a favor da liberdade com responsabilidade”. Para a ABRASEL, que na última terça feira (01 de abril – uma data sugestiva, considerando os argumentos defendidos) iniciou um movimento contra a lei do Tabagismo, a lei seca e a MP que proíbe a venda de bebidas alcóolicas à beira de rodovias federais, o conceito de liberdade se resume a poder intoxicar-se, desde que gerando lucro, impostos, empregos.

“Não há provas de que fechar os bares reduz a criminalidade”, dizem eles. Esquecem da experiência de Diadema, que teve redução de 59% no número de homicídios após a implantação da Lei Seca (aprovada por 92% da população dois anos depois de sua implantação). “Todos têm o direito de fumar”, dizem eles. Esquecem da saúde dos garçons que são transformados em fumantes passivos. “Não somos responsáveis por motoristas mal educados”. Mas seguem lucrando em cima daqueles que virão causar 75% dos acidentes com vítimas fatais.

Sem falar na questão da propaganda. Na última semana, representantes do Movimento Propaganda sem Bebida entregaram ao presidente da Câmara dos Deputados, deputado Arlindo Chinaglia, 600 mil assinaturas pedindo a proibição de toda propaganda de bebidas alcoólicas no país. Enquanto isso não acontece, a aprovação do PL 2.733 – que limita a propaganda de bebidas alcoólicas entre 21h e 6h – já é considerada um avanço importante. Esse projeto tramita em regime de urgência constitucional, mas a pauta da Câmara dos Deputados está travada por Medidas Provisórias.

Aí você me pergunta: “mas adianta proibir?”. Olha, eu te digo: ninguém vai morrer por falta de uma cerveja na viagem. Nenhum apreciador de cerveja, vinho (onde eu me incluo) ou cachaça, vai deixar de apreciar sua bebida por falta de propaganda. Por outro lado, a associação “mulher gostosa – cerveja”, “festa – cerveja”, “balada – ice”, “felicidade – alcoolismo” vai ficar cada vez mais fraca, cada vez mais menos freqüente na cabeça da população – especialmente na cabeça de crianças e adolescentes. E é disso que nós precisamos. Não podemos seguir achando normal que 33 milhões de brasileiros consumam álcool em excesso. Não podemos achar que é mera coincidência o fato de 70% dos laudos cadavéricos de mortes violentas indicarem a presença de álcool no organismo

Se você quer saber mais sobre o assunto, experimente visitar o Blog Uniad. Em meio a tanta informação desencontrada (e manipulada), é bom encontrar informação baseada em estudos científicos – e não simples “achismo”. Ou então faça uma busca no Scielo, onde você vai poder achar vários estudos sérios e bem conduzidos.

Leitura recomendada:

E se você quer ajudar…

Você pode colher assinaturas para o Movimento Propaganda Sem Bebida. O Manifesto e o abaixo-assinado estão disponíveis no site. É só imprimir e começar a colher assinaturas. A meta é chegar a 1 milhão – e a gente pode ajudar. Lembre-se: os signatários tem de ser eleitores (ter mais de 16 anos) e cada pessoa só pode assinar uma vez.

Entry filed under: politica, saude. Tags: .

O Sorvete Saturno, sê bem vindo.

4 Comentários Add your own

  • 1. Marília  |  terça-feira, 8 abril às 1:32 pm

    Belo post! Bela iniciativa!
    Beijos!

    =) A gente tem que divulgar o que é importante, né? Bjos!

    Responder
  • 2. Menina Eva  |  quinta-feira, 10 abril às 12:57 pm

    LIN-QUEI.

    Teu texto ficou muito bom, Eva! Obrigada pelo link.

    Responder
  • 3. Elis Marchioni Rojas  |  sexta-feira, 11 abril às 5:13 pm

    Humm… mas eles são do arco da velha, veja:
    “Não estamos recolhendo assinaturas on line.”
    “Imprima o formulário do abaixo-assinado e recolha assinaturas junto à sua entidade, amigos e comunidade.”

    Complicado, não tenho impressora… e também não ia sair com o folheto debaixo para meus amigos assinarem, afe, podiam fazer algo mais “muderno”.
    beijoca.

    Pois é, Elisita. É que eles precisam das assinaturas pra mandar o projeto de lei popular (sei lá como é o nome “oficial” disso. Por isso tem que ser em papel, só com maiores de 16 anos. Pena que o abaixo-assinado não espalhou como deveria… aqui no Paraná a gente conseguiu parar a privatização da COPEL com um abaixo assinado desses.

    Responder
  • 4. Trotta  |  sexta-feira, 11 abril às 6:53 pm

    Gozado que o próprio texto do protesto no site da ABRASEL, que vc linkou no começo do texto, não deixa clara a posição deles. Estão protestando contra O QUÊ? Se eu não tivesse lido no seu post, não saberia.

    Isso quer dizer alguma coisa, não é?

    Pois é, Trotta. Certamente isso quer dizer algo. Pra mim, isso tá muito parecido com o Cansei! Alguém lembra disso, será?

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

abril 2008
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: