Clichê estereotípico: Um pouco de poesia não faz mal a ninguém

terça-feira, 25 março at 12:39 am 4 comentários

Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

(Tabacaria – Álvaro de Campos)

Entry filed under: amor, Clichês Estereotípicos, poesia, vida. Tags: .

Trocando em miúdos às avessas O Sorvete

4 Comentários Add your own

  • 1. Marília  |  terça-feira, 25 março às 1:08 am

    Faz tempo que não venho aqui ou seu blog sempre foi rosa? O.o

    Marília, meu blog já teve várias cores, mas é rosa faz algum tempinho já. =)

    Responder
  • 2. bigsplash  |  terça-feira, 25 março às 11:56 am

    Bella la poesía de Alvaro de Campos, “no es nada, no será nada y tampoco quiere serlo”; pero tiene un “mundo de sueños”, como todos. Gracias por compartirla y congratulaciones por el blog.

    Responder
  • 3. Trotta  |  terça-feira, 25 março às 1:34 pm

    Como eu sou leigo! Li os primeiros versos e pensei que era o Tyler Durden! O.o

    Responder
  • 4. Lello Lopes  |  terça-feira, 25 março às 7:32 pm

    Pra mim, você é tudo!!!
    Bjs

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

março 2008
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: