Xô, urubu! (Com update)

terça-feira, 22 maio at 12:00 pm 2 comentários

Se há uma prática social que me irrita é o “telefone sem fio”. Não falo do aparelho, mas da prática social de passar adiante histórias que não dizem respeito aos dois lados da conversa.

Em uma praça daqui de Cascavel há uma placa do Rotary Club. Essa placa traz a prova quádrupla, da história das quatro peneiras. A prova quádrupla é uma forma de saber se devemos ou não falar algo. São quatro perguntas simples, mas muito importantes:

  • Tenho certeza que o que vou dizer é verdade?
  • É justo para todos os interessados que eu diga isso agora?
  • Há vantagens em falar isso, criará novas amizades ou boa vontade entre o grupo?
  • Será benéfico para os envolvidos que eu fale?

Pois bem. Todas as conversas de telefone sem fio passam pelas peneiras e não deveriam ser passadas adiante. A quem elas servem? Por que usamos o telefone sem fio para transmitir o que pensamos ou, ainda, para criar discórdia?

Aliás, por que gostamos tanto de semear a discórdia?

É triste pensar que muitas vezes nós, mesmo dizendo buscar a evolução, a boa vontade, a compreensão, nos enredamos em conversas que semeiam a discórdia. Muitas vezes não há bondade, apenas o intuito de “alertar”. Mas semeamos a discórdia cotidianamente.

Bom seria se todos tivéssemos a coragem necessária para falar o que dizemos. O mundo seria bem menos complicado.

Update: Os textos desse blog não são escritos na hora que vão para o ar. Eles são revisados. Depois vão para o ar. E eu fico relendo e relendo. Pois bem: ali onde diz “Muitas vezes não há bondade (…) ” era para ser “Muitas vezes não há maldade (…)”. Em Psicanálise, isso se chama ato falho: falar algo que não era bem o que se tinha em mente, mas que é o que se pensa na verdade. Enfim, é isso: a prática do telefone sem fio não é sinal de bondade. É maldade sim. Então o “erro” vai ficar no texto.

Entry filed under: amor, pessoas. Tags: .

Power Bloggers: Luiza Voll O despertar da Sra. Z

2 Comentários Add your own

  • 1. Daniel P Correa  |  quarta-feira, 23 maio às 8:20 pm

    Carla, coloquei um post sobre julgamento no meu blog.

    http://www.myspace.com/aronitasviamao

    Deus te abençõe

    Daniel

    Responder
  • 2. Carol Costa  |  quarta-feira, 13 junho às 4:09 pm

    Já pensei muito nessa coisa de edição em blogs pessoais. É certo consertarmos uma coisa que era pra ser espontânea? Ainda não achei a resposta, mas continuo editando o meu. Um ato falho como esse seu teria ido pro saco no Guindaste. No seu caso, deixou o texto mais charmoso e me deu o que pensar.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

maio 2007
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: