Power Bloggers: Orlando Tosetto

quarta-feira, 9 maio at 10:00 am 6 comentários

Orlando é o Iggy Pop da blogosfera brasileira. Uma espécie de porta-voz dos desejos secretos que outras pessoas escondem. Aquele que fala as verdades, sabe?

Ele é uspiano, trabalha em uma instituição importante, é palmeirense e muito gente boa. Dessa vida que leva, ele traz coisas pro blog:

Aliás, é “comunidade” pra cá, “comunidade” pra lá; tratamos pedaços da cidade, famílias, estratos sociais como se fossem tribos. “Naquela comunidade é assim”, como se falássemos de tapuias comedores de gente. Me enche o saco. Civilização devia ser outra coisa.

Além disso, ele escreve ficção. A história de Paola Itagyba é a melhor novela dos últimos tempos. (Posso chamar de novela, Mestre?)

Os pais de Paôla passavam por aquilo que se chama uma quadra difícil. Por um lado, a filha os vinha aborrecendo: eram cuidados, gastos, cansaços, um esforço para entender os tartamudeios irritados, um esforço para consolar – cada vez menos, cada vez pior – os choros da menina. Essas circunstâncias os enchiam de um ressentimento surdo: o pai, por exemplo, achava que a surra dada nos Tamarindo encerrava satisfatoriamente as complexas obrigações cominadas à honra de um pater familias, e que, afora isso, tudo o mais que a filha podia esperar dele era um sorriso encorajador aqui e ali; a mãe sentia a falta do dinheiro que ia em remédios e fonoaudiologia, e não tinha muita paciência com as melancolias da acidentada. Os Itagyba empobreceram em tempo e em dinheiro, numa situação que figurava insolúvel.

(Será muita sacanagem colocar aqui um trecho do fim da história? Se for, perdoem-me os leitores ofendidos.)

Se eu pudesse escolher um só blogueiro para receber um milhão de dólares para escrever, ficaria difícil pacas. Se eu pudesse dividir essa quantia em porções iguais, distribuiria entre mim – que não sou hipócrita – e os outros powerbloggers dessa série (os que vieram e os que virão). Mas do Orlando eu exigiria que ele escrevesse mais, escrevesse sempre. Porque ler o Orlando é uma delícia (só comparável a tomar coca cola na Paulista em véspera de Natal na companhia do Orlando, obviamente).

Anúncios

Entry filed under: Blog, pessoas.

O sonho lúcido da Sra. Z 27 Citações: Marley e Eu (John Grogan)

6 Comentários Add your own

  • 1. Luciana  |  quarta-feira, 9 maio às 2:03 pm

    Eu sou fã do Orlando também e também acho que deveria escrever mais e mais e sempre… 🙂 Ele é inteligente, cavalheiro, divertido e palmeirense – ótimas qualidades, pois. 😉
    Beijo pros dois.

    Re: Tirando a parte do palmeirense (que de ótimo não tem nada), o Orlando é ótimo sim! Bjo, Lu!

    Responder
  • 2. Patrícia Köhler  |  quarta-feira, 9 maio às 3:57 pm

    Muito boa a sua lembrança, Carla! Orlando é coisa fina mesmo.
    E tem uma filha linda chamada Clarice (ou será Clarisse?), o que já me fez ficar ainda mais fã dele! 🙂
    Ah, seu texto sobre ser brasileiro está ótimo, eu gostei muito mesmo.
    Eu também comia strudel e cucas maravilhosos feitos pela minha Oma. Deu uma saudade…
    Sim, a Lu me disse que estas comidas são mais fáceis de se encontrar pelo Brasil ou pelo mundo do que o tacacá, e eu concordo… mas não pensei na discussão por este lado, por isso que concordei com o texto como um todo. 🙂
    Beijos! 😉

    Re: Sabia que a filha dele chamava Clarice(sse?) não! Que lindo isso, fiquei mais fã! A Lu ficou bolada com a história do tacacá, mesmo eu falando que a questã (adooooro questãs) não é o tacacá, e é bem pelo que vc fala que eu fiz o texto e pensei a discussão toda. Ah, eu não tenho Oma, mas tenho vizinhas que fazem cuca e strudel e grostoli! (O que seria da minha infância não fossem as frituras deliciosas?)

    Responder
  • 3. Mamy  |  quarta-feira, 9 maio às 6:41 pm

    Por causa de sua série, já adicionei alguns bons blogs no meu leitor de feed… tão bom isso!

    Re: Mamy, que bom. Agora, momento shame on me! Eu não tenho leitor de feed! OH NÃO QUE FEIO!!! Pronto, acabou o momento shame on me!

    Responder
  • 4. Orlando  |  domingo, 13 maio às 2:13 pm

    Que deliciosamente simpática que você foi comigo, dear. Me deixou muito feliz. A Paôla ainda não acabou; estou momentaneamente sem saber o que fazer com ela, mas muitas aflições, infelicidades e humilhações públicas a aguardam. Beijo, e vamos tomar aquela cueca-cuela quando vossência vier a Sampa com tempo para nós outros, né? 🙂

    Responder
  • 5.  |  segunda-feira, 14 maio às 6:24 pm

    ai que delícia essa lembrança do orlando, amiga! ele não é mesmo o máximo? nossa, que saudades suas. volte para tomar coca-cola na paulista em qualquer época viu?!
    você devia morar aqui! há há!
    bjks,
    mônica.
    p.s. adoro o seu blog e o acrescentei na minha lista (no meu)

    Re: Mô, eu devia ter mais dinheiro pra poder passear mais aí. Morar aí não rola, ainda mais com os últimos acontecimentos (essa é a parte de deixar os dois leitores do meu blog curiosos). Mas devo passar por aí para ver o Darwin, o fotógrafo dos Beatles que eu esqueci o nome e – óbvio – a Clarice! Também adoro o seu blog, e gosto muito de Mme. Monique. Beijos, apareça sempre!

    Responder
  • 6. tarsischwald  |  quarta-feira, 16 maio às 2:19 pm

    Eu queria dizer alguma coisa contra o Orlando.

    Hum. Vou encontrar. Hum.
    A prosa dele é.. Hum. Não!

    Hum.. ele não.. Hum. Também não cola.
    AH SIM.. Ele é palmeirense!! QUE HORROR!! rs..

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

maio 2007
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: