50 Músicas que Marcaram a minha vida: Pagode da Amarelinha

terça-feira, 27 fevereiro at 6:26 pm 4 comentários

(Em homenagem à Lu)

Tudo começou nesse post. Um belo trecho de Cortázar (talvez o mais citado blogosfera afora). Aqueles comentários de gente séria. De repente, aparece alguém cantando o Pagode da Amarelinha na minha caixa de comentários. Na hora lembrei do Louro José, ainda na Record, dançando o Pagode da Amarelinha enquanto a batedeira ou o liquidificador estavam ligados. Naquele tempo em que a Ana Maria brigou com a Palmirinha.

Vai dizer que não é marcante? E assim Art Popular entrou pro rol das 50 músicas, quem diria.

Passa, no pagode da amarelinha
Se liga, vê se mexe mas não sai da linha
Alisa, tira essa peruca da banguela
Se liga, quem chegar primeiro beija ela

Deixa isso pra lá, vem pra cá, o que é que tem
Amarelinha nesse ritmo cai bem
Até o Pimpolho tá passando no chamado vai e vem

Lu: quero ver vc passar 😉

(Aproveitando o ensejo: Eu sempre achei ridículo essa coisa de Pimpolho. Brega por demais, meu paizim!)

Anúncios

Entry filed under: 50 músicas.

A Paixão segundo CR: Observar o Pôr do Sol Blogs, visitas e comentários

4 Comentários Add your own

  • 1. Sabbag  |  terça-feira, 27 fevereiro às 7:49 pm

    Oi, Carla.

    Tenho a sensação de que depois que o primeiro boom dos blogs (bumdosblogs é legal, hein?) passou, e eu fiquei na praia junto com a espuminha da onda, perdi muita coisa legal na blogosfera. Tô retomando os contatos agora. E aproveitando pra retribuir a visita.

    Agora, sobre o pimpolho: Nunca fui bom em compreender um dos dois sentidos desses pagodes de sentido duplo. É o caso do pimpolho? Ele representa alguma imagem fálica que eu fui incapaz de visualizar?

    Abraços,

    Re: Óia Sabbag… eu não consigo ver “pimpolho” como uma imagem fálica. “Pimpolho” me parece tão não-fálico, mas enfim… vá entender esse povo do pagode, não?

    Obrigada pela visita, volte sempre!

    Responder
  • 2. Luciana  |  quarta-feira, 28 fevereiro às 2:27 pm

    Então… deixa eu te contar… já tive minha fase pagodeira… dia desses com o Tuca e a Pat, começamos a lembrar dessas músicas todas e lembrei desse meu comentário aqui no seu blog… o Tuca disse que já dançou a dança do maxixe! A cara da Pat ficou muito engraçada nessa hora! hahahahahahahahahaahha

    Fase pagodeira, quem não teve? Acho que o que mais tem é que não assume. E eu PAGAVA pra ver a cara da Pat =)

    Aí cantei a música do pimpolho com direito a coreografia e tudo mais… Por pouco a Pat não desfez o Cintaliga depois disso…

    Ela não faria isso. Já que você entende de pimpolho, é símbolo fálico mesmo?

    hahahahahahahahahha E também lembramos do fricote do fofo, também do art popular, lembra? “Você é meu amor, te quero de novo, te ensino a fricotar, fricote do fofo…” 🙂

    Essa música não era do Daniel e do outro amigo dele? Eu não lembrava que era do art popular. E também achava que era fricote do povo. Ê, laiá. Eu gostava de agamamou do art popular. Aliás, baixei o cd do art popular pra pegar a música da amarelinha, mas não tinha, acredita nisso? quase morri chorando, hu.

    Eu acho que o Leandro Lehart Popular deve ser muito fã do Cortazar e aí depois de ler o jogo da amarelinha decidiu fazer o pagode pra homenagear… ficou lindo… Vamos passar, carlucha? Paaaaaaaaaaaaaaaaaasssa no pagode da amareliiiiiiiiiiiiiiiinha!

    Peraí que eu vou ali colocar minha sainha de babadinho, já volto!

    Ah, e mais uma coisa: quando crescer e aprender a cozinhar vou comprar o livro da Palmirinha e não o do Mais Você… 😛

    Vocês que tem o balão roots podiam fazer o Palmirinha Rules. Porque a Ana Maria é Má. Quem briga com a Palmirinha não merece minha consideração, hmpft!

    Responder
  • 3. Luciana  |  quinta-feira, 1 março às 12:04 am

    É fálico sim, Carlucha… maaaaaaaaaaas, nunca associei a isso porque eles colocavam um menininho pra dançar, lembra? era sobrinho de um deles… era o pimpolhinho… sempre vi o art como um pagode de brincadeira mesmo… 🙂 ei, e o leandro é dos compositores mais gravados do país… ele, o zezé di camargo e CLARO o meu Rei e seu amigo Eraaaaaaaasmo Caaaaaaaaaarlos! 🙂

    Ai Lu, não tenho esse conhecimento pagodístico que vc tem. Obrigada pelo esclarecimento, hehe. Sabia disso do Leandro não (embora eu ache ele um gostoso – mas não espalha). E no fim, ninguém supera o Rei e o seu amigo =)

    Responder
  • 4. ana clara  |  sábado, 8 setembro às 10:28 am

    oi gostei muito das suas musicas bjus fulana de tal bjus…………………………………

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

fevereiro 2007
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: