Archive for fevereiro, 2007

E agora, José?

Again and again.

Anúncios

quarta-feira, 28 fevereiro at 9:36 pm Deixe um comentário

Blogs, visitas e comentários

Passeando pela blogosfera, me deparei com esse post da Eva. Isso me levou a pensar um pouquinho sobre os visitantes desse espaço.

Eu espero que não seja um monte de paraquedistas do google, mas esse espaço costuma ter um número considerável de visitas (pelo menos para mim). Isso quando eu escrevo. Essas visitas funcionam como um reforçador positivo – não só para mim, para todos os blogueiros. Outra categoria de reforçador positivo são os comentários.

Porque, como eu disse em outro post, blog é conversa. Aliás, tem gente que fala disso MUITO melhor que eu. Se a gente tá lançando garrafas ao mar, o mínimo que quer é uma resposta. O problema é que a resposta as vezes vêm assim: “hahaha, gostei.” Se for escrito em miguxês ainda, piorou. Por que “hahaha gostei” não gera resposta, que não gera discussão. E cadê a conversa, catzo?

É isso. Não estou reclamando não, porque isso aqui tá muito bom e, como os leitores da Eva, meus leitores são OS-ME-LHO-RES. E que se amplie o número de espaços de discussão na blogosfera, porque a gente tem que se reunir pra tomar um cafezinho every once in a while, certo?

p.s.: Falando em espaços de discussão, você já foi no IB?

quarta-feira, 28 fevereiro at 7:50 pm 3 comentários

50 Músicas que Marcaram a minha vida: Pagode da Amarelinha

(Em homenagem à Lu)

Tudo começou nesse post. Um belo trecho de Cortázar (talvez o mais citado blogosfera afora). Aqueles comentários de gente séria. De repente, aparece alguém cantando o Pagode da Amarelinha na minha caixa de comentários. Na hora lembrei do Louro José, ainda na Record, dançando o Pagode da Amarelinha enquanto a batedeira ou o liquidificador estavam ligados. Naquele tempo em que a Ana Maria brigou com a Palmirinha.

Vai dizer que não é marcante? E assim Art Popular entrou pro rol das 50 músicas, quem diria.

Passa, no pagode da amarelinha
Se liga, vê se mexe mas não sai da linha
Alisa, tira essa peruca da banguela
Se liga, quem chegar primeiro beija ela

Deixa isso pra lá, vem pra cá, o que é que tem
Amarelinha nesse ritmo cai bem
Até o Pimpolho tá passando no chamado vai e vem

Lu: quero ver vc passar 😉

(Aproveitando o ensejo: Eu sempre achei ridículo essa coisa de Pimpolho. Brega por demais, meu paizim!)

terça-feira, 27 fevereiro at 6:26 pm 4 comentários

A Paixão segundo CR: Observar o Pôr do Sol

“Olhe o céu, Carla. Ele nunca mais se repetirá.”

Talvez essa seja a frase que eu mais ouvia quando pequena. Uma das pequenas loucuras de minha mãe é gostar de olhar o céu. Seja de dia – para ver as nuvens, seja de noite – para olhar as estrelas e a lua. Mas o verdadeiro espetáculo está na transição, quando o sol nasce ou quando ele vai embora.

“Você já imaginou / por que a lua foi embora? É que o sol pede para nascer / para que tudo possa crescer!”

Ok. Confesso que ver o sol nascendo não é minha especialidade, a não ser que eu tenha virado a noite. Mas o pôr do sol, talvez por ser rápido, sempre me fez sentir meio “sorteada”. E nunca, nunca eu vi um pôr do sol que não me fizesse – pelo menos – pensar um pouco.

Hoje ao procurar assunto para um post (há dias em que minha cabeça simplesmente não funciona) fui até a janela e fiquei olhando o sol se despedir. E vi aquela confusão de nuvens de chuva, nuvens leves, reflexos de todos os lados. Há como não se maravilhar ali?

Sim, esse é um post-pescoço. Talvez porque hoje seja um dia pescoço. Mas faz muito bem à gente virar um pouco o pescoço e apreciar o que o sol pode fazer simplesmente  por irradiar. Traz paz.

O que você faz para ter paz?

segunda-feira, 26 fevereiro at 11:32 pm 6 comentários

Você faz a sua parte?

Depois da divulgação do relatório da ONU sobre o Aquecimento Global entrou em voga falar sobre o desmatamento da Amazônia, a poluição dos oceanos, o aumento do nível do mar. Tudo muito lindo, muito importante, muito grande. E muito abstrato também. A discussão se dissipou logo: coisas terríveis aconteceram, veio o Carnaval. Mas não se pode esquecer disso.

Uma birra que eu sempre tive, quando se fala em meio ambiente, é de que os problemas apontados geralmente estão além das capacidades individuais. Como eu, em Cascavel, posso impedir a destruição das barreiras de corais? Como uma pessoa que mora em São Paulo pode impedir o desmatamento na Amazônia? E as calotas polares? O que eu posso fazer para impedir o seu derretimento??

Talvez motivada pela mesma birra, a Lucia Malla propôs, no último dia 06, o Meme das Atitudes Ecoconscientes. A idéia é:

“Poste as 3 atitudes ecoconscientes que você praticou/pratica/pretende praticar na sua vida (ou na sua casa, no seu trabalho, no boteco, etc.) para melhorar a situação ambiental do planeta Terra.”

Já passou da hora da gente parar para pensar nisso. E começar a agir, também. O que você faz para melhorar a situação ambiental?

Eu faço:

1. Economia de energia elétrica e de água: Algumas casas parecem uma árvore de natal, cheia de leds (aquelas lâmpadinhas de stand-by) acesos. Para quê? A conta é fácil: se há luz ou dissipa calor, há consumo de energia. E geralmente é inútil. Preciso falar da água? 20l de água para escovar os dentes com a torneira aberta? Ensaboar os cabelos com o chuveiro ligado? Você precisa mesmo disso? Economizar água e energia elétrica é fundamental para a diminuição da demanda e pela preservação do meio ambiente, além de ser bom para o seu bolso!

2. Caminhar, pegar/dar carona, usar o transporte público: Eu procuro fazer tudo que é possível próximo de casa. Academia, mercado, compras. Quanto mais eu caminhar, menos combustível utilizar, melhor – inclusive para o meu bolso. As únicas coisas que são impossíveis para mim é ir a pé até a faculdade e até a casa da minha mãe. Inteligência para saber quando e como usar o carro é fundamental – nada de ficar dando voltinha à toa!

3. Comer pouco, evitar o consumo de produtos industrializados ou que venham de muito longe: É, pois é. Se você come um pacote de bolacha por dia, você joga uma embalagem por dia. Se você come um pacote de bolacha por mês, é uma por mês. Entendeu a conta? Consumir produtos naturais e que venham de localidades próximas à sua cidade também diminui a demanda por transporte (que no Brasil é feito basicamente por caminhões) e é muito mais saudável, certo?

Bonus track: Fuja das embalagens!!! Você já parou para pensar quantas sacolinhas/saquinhos plásticos vão parar no lixo por sua causa em um ano? Em dez anos? Em toda a sua vida? Pode ser difícil solucionar o problema dos absorventes higiênicos (solução ) e das fraldas descartáveis (sempre há as de pano), então que tal economizar no que é possível? Coloque as batatas, as cenouras e as cebolas na mesma sacolinha. Leve sua sacola de feira ao mercado. Não compre nada que venha em embalagem de isopor. Nada de acumular lixo por aí. O meio ambiente e o seu futuro agradecem!

Agora é sua vez. Quais suas três dicas para melhorar o nosso mundinho?


(O que você está fazendo aqui?)

sábado, 24 fevereiro at 2:10 am 9 comentários

Interney Blogs, CD Chain Enloucrescendo, Shrove Friday e otras cositas más

  • Você ainda não se inscreveu na CD Chain Enloucrescendo? Falta só uma semana. Conheça novas músicas num cd feito especialmente para você. Mande um cd especial e faça um novo amigo. Inscreva-se djá!
  • Você sabe o que é Shrove Tuesday? Então, amanhã será Shrove Friday aqui em casa, com festival de panquecas. Quer vir? Me ligue até o meio dia de sexta. Espero não errar a mão com as panquecas dessa vez! Se o clima estiver legal, rolará o jogo da tribo.
  • Esperem pelo próximo capítulo da paixão segundo CR. E as músicas que marcaram a minha vida em breve estarão num multiply perto de você. E bom fim de semana pra todo mundo!

quinta-feira, 22 fevereiro at 3:14 pm 2 comentários

I wouldn´t want it any other way.

Neither would you

domingo, 18 fevereiro at 9:14 pm Deixe um comentário

Posts antigos


Agenda

fevereiro 2007
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Posts by Month

Posts by Category