Just passing by…

terça-feira, 17 outubro at 8:16 pm 5 comentários

Não, eu (ainda) não desisti disso aqui. Tem várias coisas fervilhando na minha cabeça, algumas delas me incomodam deveras, o que faz esse blog ficar em stand by. Não, eu (ainda) não pretendo desistir disso aqui. Não antes de terminar a série das 50 músicas, a série das 27 citações e a outra série que ainda nem começou.

O que me incomoda: dermatite de contato, hemianopsia temporal no olho esquerdo (em bom português, visão periférica foi passear e perdeu o caminho de volta) e algumas coisas martelando na minha cabeça. Não gosto de outubro, especialmente quando o ano não é lá aquelas coisas. Não que as coisas estejam péssimas, tem (várias) coisas boas acontecendo na minha vida. É fase. Talvez sejam os primeiros sinais do retorno de Saturno se manifestando. (Será que ao invés de pedir para 2007 chegar logo, eu deveria pedir por 2009? Prefiro não pensar nisso.)

Aí, você pergunta: então, por que você vem aqui, escrever essas coisas? Esse blog tem visitas. Várias. Muitas. Então eu resolvi deixar pelo menos algumas dicas do que fazer na web quando você vem aqui e não há nada de novo…

  • Cintaliga: Pat Köhler (uma stripper cerebral) e Lu (apenas uma garota) resolveram dar o ar de sua graça na blogosfera – de novo. Bem vindas, garotas.
  • Steve Pavlina: Patrícia Muller, do Sinestesia, descreve o site de Steve como um “site de auto ajuda para pessoas inteligentes”. Algumas coisas bem legais, na linha de desenvolvimento pessoal e tal e coisa. Para quem está aprendendo, estudando, querendo manter o Inglês, é ótimo. Os podcasts são uma delícia de ouvir em longos trechos de carro.
  • 101 coisas em 1001 dias: Projeto encabeçado pela Patrícia Muller. Ainda não fiz a minha lista, mas a proposta é muito legal.

Agora, você que chega aqui e não acha nada de novo e não quer visitar os sites acima: vá ler. Eu já indiquei dois (bons) livros aqui. Existem outros tantos perdidos nas prateleiras por aí. Ou então vá ver um bom filme, ouvir uma boa música. Uma dica: assista a Carmina Burana, regida pelo Seiji Osawa. Vá cozinhar, vá comer salada de sete cereais, vá passear no parque. A vida é boa e cheia de possibilidades, já diz o mestre.

Último aviso: gente, amo seus comentários! Gabs, Orlando, Arivonil, todo mundo que anda comentando por aqui. Não se sintam mal porque eu não tenho respondido, ok?

Anúncios

Entry filed under: umbiguices.

27 Citações: O ano do pensamento mágico (Joan Didion) 50 músicas que marcaram a minha vida: Ok, ok

5 Comentários Add your own

  • 1. Luciana  |  quinta-feira, 19 outubro às 1:44 am

    Não venha jogar no nosso colo e trate já de escrever! :p

    Ah, eu tentei… 😛 Voltarei a escrever sim, dona Lulu!

    Responder
  • 2. Arivonil  |  quinta-feira, 19 outubro às 3:01 am

    Que tal esquecer um pouco de saturno, que está tão longe e pedir pro segundo seguinte nao chegar ‘tão’ logo?

    Ficando bem longe aqui da explicação simplória que o Einsten usou pra explicar a teoria da relatividade (http://www.geocities.com/~esabio/einstein.htm), nao restam grandes motivos pra gente querer que o tempo passe depressa.

    A gente nao pode explorar as tantas possibilidades da nossa boa vida se ela passar tao depressa, não é mesmo?

    Beijos pra menina bonita ao lado da qual eu quero ficar sentado ao lado muitas e muitas vezes.

    Responder
  • 3. Arivonil  |  quinta-feira, 19 outubro às 3:03 am

    ao lado do lado que fica do mesmo lado do lado ao lado, que fique bem claro!

    Re: Hein? Meu cérebro já não tá aquela beleza, vc ainda me confunde desse jeito…

    Responder
  • 4. Arivonil  |  quinta-feira, 19 outubro às 12:40 pm

    Por falar em viver um dia de cada vez, qual é a música número 49?

    Responder
  • 5. Arivonil  |  quinta-feira, 19 outubro às 12:50 pm

    É bom vir pra cá em rápidas escapadas da paragraforréia que despeja sem-terras, BOs e patricinhas sobre o que vai ser lido amanhã.

    É bom surfar nessa avalanche de conceitos.

    É bom saber o que vai pela cabeça da Carla Regina.

    Re: Isso é o que eu chamo de insistência. Eu vou falar as outras 49 músicas, as outras 25 citações e a outra série surpresística. Mas acalme-se. Que tem as patricinhas a ver com os sem-terra de amanhã?

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

outubro 2006
D S T Q Q S S
« set   nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: