Troca-troca

sexta-feira, 15 setembro at 8:41 pm 4 comentários

Eu sou viciada em correios desde que aprendi a escrever. Por morar longe de grande parte da família, mandava cartas para meus avós e primos e sempre foi motivo de grande alegria encontrar envelopes endereçados a mim na caixa de correio. Nas férias, quando ia para São Paulo, as cartas vinham na direção contrária contando as aventuras para as amigas daqui.

Foi através da revista Capricho que conheci o IPF, em 1993. Àquela época, antes da Internet, a única forma de manter amizades com alguém à distância era a correspondência, e a idéia de ter amigos “de caneta” em lugares super distantes me apeteceu. Além disso, era uma maneira de praticar o meu Inglês e receber postais e selos diferentes (outras paixões). Fiz a inscrição, recebi a lista de novos amigos num papel cor de rosa inconfundível e viciei-me em cartas. Quando mudei de cidade para fazer a primeira faculdade, tinha amigos na Grécia, Espanha, Inglaterra, Portugal, Egito e em Papua Nova Guiné. Com a mudança, a faculdade e as confusões que se seguiram, acabei abandonando meus amigos de caneta.

Com o advento da Internet, os tempos de resposta diminuíram. Se antes eu precisava esperar um mês pela carta do outro lado do mundo, agora eu poderia fazer uma troca de e-mails quase em tempo real, um “chat-mail”, com um amigo da Finlândia, sem contar os canais e redes de IRC, que me garantiram bons amigos – alguns permanecem em contato até hoje – daqui e de outros países. No entanto, os correios não perderam sua importância de enviar e trazer fitas cassette, cd´s e livros.

Não sei quando nem porquê eu perdi o hábito de enviar e receber correspondência. Talvez a correria, talvez uma inserção brusca na realidade, talvez as inúmeras confusões na minha vida. O fato é que eu estava já algum tempo sem receber uma carta de verdade.

Mas isso mudou há alguns meses. No meio das minhas navegações no Flickr cheguei ao Pack it up Small. Esse grupo, composto na sua maioria por “moças prendadas”, é um clube de trocas. A cada mês ou dois um tema é proposto e a troca é feita, como um amigo secreto. Os requisitos são enviar em um pacote de até 250g coisas relativas ao tema, com alguns itens obrigatórios. O que vale é a criatividade. A idéia me pareceu muito interessante e me inscrevi na primeira troca que houve. O tema era “O Mar” e isso me deu algum trabalho para fazer o pacote – já que moro bem longe da praia. Não foi o pacote mais bacana do grupo e tive alguns percalços para enviar. Mas valeu a pena. Minha parceira de troca diz ter gostado muito do pacote, e eu simplesmente adorei o pacote que recebi.

Através do Pack it up Small conheci o SwapBot. Um site que organiza trocas. De simples trocas de cartas e postais até trocas temáticas por cores, trocas de bolsas, trocas de biscoitos. Ao contrário dos grupos de troca do Flickr, onde a participação é de pessoas de todos os lugares, no swapbot a maior parte dos participantes é americana. O que não tira o brilho da idéia. Minha única experiência no swapbot foi uma troca de cartas simples, também muito bacana.

Essa é uma das coisas boas da rede: conhecer gente disposta a mostrar um pouco do seu mundo e a conhecer um pouco do mundo do outro. Sem entrar em tergiversações a respeito do quanto isso pode levar a um maior entendimento do outro e à paz mundial, acho que o mais bacana dessa experiência é ter perto de mim um pouquinho de cada lugar do mundo. Isso sim é globalização.

Quer experimentar?

Flickr – Pack it up Small
Swapbot
International Pen Friends

Anúncios

Entry filed under: umbiguices.

Ser, Estar, Saber, Querer The One

4 Comentários Add your own

  • 1. Ian.  |  segunda-feira, 18 setembro às 8:08 am

    porra, eu não conhecia nenhum dos serviços. interessantes e tentadores.

    eu nunca tive o hábito de mandar cartas. e-mails desde 2001 não troco com tanta freqüência com uma mesma pessoa. é a minha desorganização misturada a preguiça.

    mas parabéns pelo post, bem escrito e informativo. merece bons links

    beijo, minha mermaid.

    Responder
  • 2. Alan R.  |  quinta-feira, 11 janeiro às 1:42 am

    Boa lembrança, Carlinha. Faremos!

    Responder
  • […] para as pessoas que estão na minha lista de penpals, basicamente pessoas que moram longe ou com quem eu já troquei alguma coisa. E fazer e entregar alguns mimos para quem mora […]

    Responder
  • […] foi que, numa das trocas que eu participei, eu fiquei surpresa ao ganhar um saquinho de um chá de avelã e baunilha. Como ele tinha escrito […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

setembro 2006
D S T Q Q S S
    out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: